Viver Sem Vergonha
dicas sobre Depilação definitiva

Depilação Definitiva: tire suas dúvidas agora!

Atualmente homens e mulheres têm buscado métodos e possibilidades para se verem livres dos pelos definitivamente, e essa possibilidade já existe por meio da depilação definitiva a laser.

A partir do uso desse método é possível eliminar a maior parte dos pelos da região depilada. Por isso, essa depilação a laser é chamada de definitiva, pois elimina a maior parte dos pelos, reduz significativamente a sua espessura e nos livra dos outros métodos de depilação, que nos fazem sofrer quinzenalmente ou mensalmente.

Mas inicialmente pode haver necessidade de uma manutenção semestral ou anual, considerando que o aparecimento dos pelos pode variar muito conforme a resposta de cada pessoa ao processo de depilação.

Quais as áreas podem ser depiladas definitivamente?

dicas sobre Depilação definitivaA depilação a laser pode ser feita em quase todas as áreas do corpo onde se tenha pelos, exceto na região dos olhos e no coro cabeludo. Para prevenir qualquer contraindicação, é importante que se faça um teste na pele com um profissional especializado antes de iniciar as sessões.

As sessões normalmente variam em intervalos de 40 a 45 dias. É importante que você não tenha passado por nenhum bronzeamento antes do processo de depilação. Uma vez iniciada depilação definitiva, evite se bronzear até que o processo tenha sido totalmente completado.

Outra coisa que você deve evitar é qualquer tipo de depilação que arranque os pelos pela a raiz.

Quem pode fazer uma depilação a laser?

Quando a pessoa possui pele clara e pelos escuros, ela consegue um efeito bem positivo.

Já as pessoas de pele negra e morena devem ser mais cuidadosas e procurar um profissional bem experiente, pois a depilação a laser pode causar manchas na pele.

No entanto, há profissionais que afirmam que quando ficam algumas manchinhas, elas são temporárias, e que atualmente existem aparelhos que já são adaptados para as peles mais escuras.

Vale ressaltar que para quem tem muitos problemas com pelos encravados e foliculite, essa depilação é ideal.

A depilação definitiva dói? Quantas sessões precisarei fazer?

A dor no processo de depilação definitiva pode variar muito de pessoa para pessoa. Sabe-se que existem algumas pessoas que são mais sensíveis à depilação, além disso, há regiões do corpo que são mais sensíveis. Mas sem dúvida, as afirmações de profissionais e pacientes é que a dor é significativamente menor do que a depilação com cera.

Mas, a maioria das pessoas que passam pelo processo acreditam que os benefícios compensam toda dor e sofrimento durante as sessões.

O número de sessões será indicado pelo profissional, de acordo com o seu tipo de pelo e pele. Algumas pessoas podem responder melhor ao tratamento, exigindo assim poucas sessões, enquanto outras pessoas precisam passar por um número maior de sessões.

Existem contraindicações?

Sim. As contraindicações são para mulheres grávidas e para pessoas que tenham doenças autoimunes, como vitiligo, lúpus, diabetes tipo 1, entre outras.

Caso você tenha algum problema específico na pele é importante se consultar com um dermatologista para verificar se existe algum problema em passar pelo processo de depilação a laser.

Nestes casos é fundamental a autorização do médico que acompanha o paciente. É certo que muitas pessoas não podem passar por este procedimento, esconder qualquer uma destas doenças é um risco muito grande e que você não pode correr.

Vale ressaltar que a sua saúde é prioridade. Por isso, não arrisque perder sua saúde pelos benefícios que você acredita que irá alcançar com uma depilação. Coloque sempre sua saúde em primeiro lugar.

Cuidados durante a depilação definitiva

Durante o processo de depilação a laser é fundamental cuidar para que você não tenha problemas em sua pele. O profissional que você contratou para fazer o serviço te passará inúmeras dicas para que você não sofra durante o processo de depilação e alcance bons resultados.

É importante que você tome pelo menos os seguintes cuidados:

  • Não procurar a depilação a laser com a pele depilada com cera ou com pinça;
  • Não tomar sol em até cinco dias depois da depilação;
  • Se aparecer algum pelo durante o tratamento, ele deve ser extraído com lâmina, jamais com cera ou pinça, pois isso pode comprometer o tratamento a laser.

Para finalizar

A depilação definitiva tem sido bem recomendada por profissionais, sem muitas contraindicações. O que deve ser observado no momento de procurar esse tratamento é o profissionalismo da clínica e o certificado que os profissionais possuem dos aparelhos.

Não confie este tratamento a instituições irregulares ou profissionais que não possuem nenhum tipo de garantia de que são competentes. Um tratamento inadequado pode prejudicar consideravelmente sua pele e você pode ter danos irreversíveis. Uma dica é conversar com pessoas que já passaram pelo tratamento e pegar referências de profissionais e clínicas que façam um serviço de qualidade.

Aproveite para compartilhar este artigo com seus amigos e amigas que também querem passar por um processo de depilação definitiva à laser, mas ainda tem um certo receio.

Recomendados Para Você: