Viver Sem Vergonha
Foliculite

Foliculite: é possível evitar?

A foliculite tem suas origens e causas devido a pequenas irritações na pele, que podem se transformar em inflamações causadas por bactérias estafilococos nos folículos pilosos.

Ela pode aparecer em qualquer parte do corpo onde se tenha pelos.

Entre as suas causas estão à depilação, o suor, a umidade, roupas apertadas, feridas, inflamações ou lesões na pele causadas por cirurgias ou acne, entre outros. Por isso, deve-se identificar onde estão as suas causas, pois é possível evitar a foliculite ou se prevenir dela.

A foliculite tem a semelhança de espinhas, aparece na pele sob a forma de bolinhas vermelhas, com ou sem pus. Podem causar irritações e coceiras na região afetada e normalmente dão uma sensação áspera ao toque.

FoliculiteEssas inflamações causam uma obstrução nos poros impedindo o crescimento dos pelos, e eles não conseguem romper a camada mais superficial da pele.

Cuidados diários para evitar a foliculite

Saiba agora quais cuidados você deve tomar para evitar esse problema.

  • É muito importante manter cuidados diários com a pele para evitar a foliculite. Deve-se lavá-la sempre com sabão neutro. O uso de esponja vegetal é muito válido para quem tem propensão a encravar os pelos, pois ela contribui para a remoção das células mortas do corpo.
  • Outro ponto muito importante para evitar a foliculite, é a esfoliação semanal com produtos devidamente indicados por profissionais para o seu tipo de pele.
  • É importante hidratar muito bem a pele. Você pode fazer isso tomando bastante água durante todo o dia. Também é útil usar e abusar de cremes e géis que têm como base o ácido glicólico, retinoico, ou salicílico.

Esses produtos são indicados por médicos dermatologistas e, conforme as necessidades do paciente, as dosagens são manipuladas com cremes ou géis.

Outros são utilizados em clínicas de estética no tratamento com peeling.

Entre as suas diversas funções, os ácidos contribuem expressivamente para a renovação celular, atuam como um grande revitalizante da pele, entre tantas outras vantagens que melhoram significativamente o aspecto da pele.

Cuidados com a depilação

É muito importante que se tenha alguns cuidados com a pele antes da depilação, para se evitar a foliculite.

  • Deve-se usar esfoliantes na semana em que se vai fazer a depilação, entre 3 a 4 dias antes.
  • Também é importante evitar o uso de cremes e óleos no dia da depilação.
  • Procure se depilar após o banho, pois a pele está limpa e os poros estão mais dilatados.

Depilação com lâmina

  • Deve-se tomar o cuidado de descartar a lâmina após o uso, para evitar acúmulo de bactérias na mesma.
  • Evitar utilizar a lâmina no sentido contrário ao crescimento dos pelos.
  • Os resultados da depilação com a lâmina são pouco duradouros, por isso, deve-se ser usado com muita frequência. Esse é um ponto negativo quando se quer evitar a foliculite, pois quanto mais há depilações, mais a pele sofre agressões.

Depilação com cera

A depilação com cera proporciona uma durabilidade maior que a depilação com a lâmina, porém, o uso da cera também pode contribuir para a inflamação dos poros, além de afinar muito os pelos e, com isso, diminuir a sua força para romper a camada da pele. Portanto, a cera não é o mais recomendável quando se quer evitar a foliculite.

Depilação com depilador elétrico

O depilador elétrico tem os seus prós e os contras. Existem mulheres que afirmam que ele é um dos métodos mais eficazes para a depilação.

Quando usado corretamente, arranca os pelos pela raiz, e isso diminui a frequência de depilação e, consequentemente, as lesões na pele, o que pode evitar as chances do aparecimento de foliculite.

Por outro lado, quando os pelos quebram, eles podem encravar e as bolinhas aparecem quase que imediatamente.

Há quem diga, que quando se faz a esfoliação antes da depilação, as bolinhas e a irritação desaparecem, comigo nunca aconteceu isso.

Depilação a laser

Esse tipo de depilação é a queridinha de todas as mulheres e homens que tem problemas com a foliculite, pois a depilação a laser tem a função de queimar os pelos pela raiz e também contribui para melhorar o aspecto da pele.

Com uma média de 8 a 10 sessões é possível se livrar dos pelos definitivamente. O investimento necessário para a depilação a laser ainda é um pouco alto, mas seu preço tem sido flexibilizado à medida que surgem novas empresas e tecnologias para realizar o procedimento.

Finalizando…

Para evitar a foliculite é importante manter diariamente os cuidados com a pele. É necessário cautela no que diz respeito à exposição ao sol após a depilação. Também é útil procurar lavar a pele com sabonete neutro e não usar óleos, pois os óleos podem contribuir para a obstrução dos poros.

Deve-se usar cremes e géis mais suaves à base de camomila, calêndula, entre outros.

Se você já tem foliculite, o melhor a fazer é evitar passar a unha, ou qualquer outro objeto. Busque lavar com sabonete antibacteriano, sabonete neutro e água morna.

Procure orientações de um profissional para indicações de uma pomada antibiótica, um ácido, ou até mesmo um creme, conforme as necessidades da sua pele.

Gridlove

Gridlove is an attractive WordPress theme based on a grid framework. With many layouts to choose from you’ll have your website running in no time.

Email Newsletter

MailChimp newsletter form can be embedded here!

For more info, please visit MailChimp documentation.